Conheça as 15 campeãs globais de venda de medicamentos de prescrição em 2020

Conheça as 15 campeãs globais de venda de medicamentos de prescrição em 2020

Conheça as 15 campeãs globais de venda de medicamentos de prescrição em 2020A pandemia da Covid-19 afetou o crescimento da indústria farmacêutica em 2020, segundo o Evaluate Pharma World Preview 2020. Desde o início do bloqueio causado pelo novo coronavírus, os analistas projetam uma queda global de US$ 4,9 bilhões nas vendas de medicamentos prescritos entre as 15 maiores companhias do setor. Do total de empresas, apenas quatro cresceram acima das projeções e dez foram abaixo do estimado no primeiro semestre.

* Fonte: Evaluate Pharma

Como resultado da pandemia, a GlaxoSmithKline (GSK)  teve um aumento na demanda pelo medicamento respiratório Ventolin HFA, agora sem patente. A farmacêutica também experimentou uma alta nas vendas do Tivicay, para HIV, em função da preocupação dos pacientes em gerar estoque. A companhia cresceu 2,1% acima das expectativas iniciais traçadas para o ano.

O portfólio de diabetes foi o principal estímulo para a Eli Lilly registrar um volume de negócios 1,1% acima do esperado. O resultado atenuou perdas de US$ 840 milhões com medicamentos da área de endocrinologia, provocadas pela diminuição das consultas médicas.

Já a Gilead anunciou um aumento na procura por seu portfólio de HIV, o que levou os analistas a ampliar a previsão de vendas do Biktarvy para US$ 788 milhões. E no último mês de maio, a indústria recebeu a autorização da FDA para uso emergencial do Veklury (remdesivir) no tratamento da Covid-19. Desde março, as vendas cresceram US$ 528 milhões. A empresa cresceu 0,4% acima das expectativas.

A Takeda, por sua vez, teve um índice tímido de 0,2% de crescimento superior às previsões iniciais. Medicamentos relacionados à imunidade tiveram aumento de 30% na demanda.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/08/14/entrevista-com-ceo-poupafarma-anuncia-aquisicoes-e-adia-ipo-para-2021/

The post Conheça as 15 campeãs globais de venda de medicamentos de prescrição em 2020 appeared first on Panorama Farmacêutico.

Extrato de Própolis em cápsulas

Schraiber

SchraiberA Schraiber lança o suplemento alimentar de extrato de própolis em cápsulas de 400mg. Disponível em embalagem com 60 unidades e com recomendação de duas doses diárias, o produto é fonte de aminoácidos, minerais, vitaminas e bioflavanóides.

Distribuidora: Schraiber (11) 4184-4522
Gerente de produto e marketing: Paulo Egidy – sac@schraier.com.br

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

The post Extrato de Própolis em cápsulas appeared first on Panorama Farmacêutico.

Entrevista com CEO: Poupafarma anuncia aquisições e adia IPO para 2021

Entrevista com CEO Poupafarma anuncia aquisições e adia IPO para 2021

Entrevista com CEO Poupafarma anuncia aquisições e adia IPO para 2021Com 100 lojas espalhadas pelo estado de São Paulo e faturamento de R$ 500 milhões em 2019, a Poupafarma abre a série de entrevistas do Panorama Farmacêutico com CEOs do varejo. De acordo com Marcelo Vienna, a rede adiou para o próximo ano o processo de IPO, inicialmente previsto para este terceiro trimestre. No entanto, segue seu plano de expansão e projeta uma nova aquisição ainda este ano. Confira o pingue-pongue com o executivo.

Como foi o desempenho da rede este ano e quais as expectativas para o próximo semestre?

Continuamos com um modelo de expansão focado em aquisição e, mesmo com a pandemia, as negociações não pararam. Esperamos ter novidades até o último trimestre. Por outro lado, estamos muito mais seletivos em relação à abertura de novas lojas.

É um momento delicado para o varejo em geral, mas por conta disso tem surgido uma série de oportunidades de pontos em regiões nobres. Estamos avaliando a realocação de algumas lojas e a expansão de outras. Em 2020 também completamos o ciclo de reformas dos PDVs iniciados no ano passado, quando já remodelamos 42 unidades. Dessa forma, preparamos o terreno para a listagem da empresa na bolsa no ano que vem, fechando esse ciclo de organização interna.

Como o sr. projeta o futuro do varejo farmacêutico pós-pandemia?

O mercado tende a evoluir ainda mais com a conscientização do consumidor em relação ao manejo da sua saúde e maior adesão ao tratamento, principalmente no que se refere aos medicamentos de uso contínuo. Também vimos as vitaminas e suplementos ganharem espaço na cesta do shopper, fruto da preocupação com o fortalecimento da imunidade.

O varejo deverá estar cada vez mais focado em um cliente sensível a preço e que busca na farmácia a primeira porta de entrada para o sistema de saúde. Isso exige um corpo de farmacêuticos de balcão muito bem preparado. Além disso, estamos na iminência do switch de alguns medicamentos, o que aumenta a responsabilidade da farmácia em orientar adequadamente o cliente e garantir a exposição do produto de forma inteligente.

Como a rede atua com os serviços farmacêuticos?

Implantamos as salas clínicas dentro das lojas há três anos. Atualmente contamos com 78 salas, sendo 18 delas com capacidade para performar o serviço farmacêutico completo, com oferta de vacinas e prontas para a realização de testes laboratoriais remotos (TLR), assim que forem aprovados pela Anvisa. Hoje, o nosso padrão de abertura de novas lojas já inclui a sala clínica. Os serviços farmacêuticos são um pilar no relacionamento com o cliente.

A Poupafarma está oferecendo serviços de testes rápidos da Covid-19?

Iniciamos o serviço de testes rápidos de IgG e IgM há três semanas em Santos (SP), onde já realizamos mais de 200 testes. A partir de setembro o serviço estará disponível em São Paulo e outras cidades da Baixada Santista.

Como a rede promove a distribuição dos medicamentos?

O grupo possui sistema de distribuição próprio e opera exclusivamente para atender as unidades da rede. O centro de distribuição conta com 4 mil m2 e está localizado na Praia Grande, no litoral paulista.

Como a rede usa a inovação para melhorar a experiência do cliente?

O uso de ferramentas de business intelligence e o próprio CRM nos ajudam a conhecer mais profundamente o cliente e entender onde o mercado está se movimentando. Basta imaginar a situação das lojas de bairro, que antes apresentavam uma performance de vendas menor e agora passaram a vender muito mais, enquanto os PDVs centrais caminham na direção contrária. Um cenário que apresenta falta de produto de um lado e excesso do outro, além de categorias que mudaram o desempenho drasticamente.

O uso da tecnologia nos ajuda a reavaliar os estoques, prever mudanças de comportamento e ter agilidade em buscar fornecedores, para reorganizar o sortimento de forma assertiva. A pandemia também fez com que alguns canais crescessem muito, como o delivery. Aceleramos ainda a expansão para os canais digitais, com o lançamento do nosso e-commerce em breve e a criação de mais ferramentas dentro do aplicativo da empresa, entre as quais o compre e retire.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/08/13/propaganda-medica-segue-a-todo-vapor-com-visitacao-online/

The post Entrevista com CEO: Poupafarma anuncia aquisições e adia IPO para 2021 appeared first on Panorama Farmacêutico.

Um dia após anúncio de vacina, Rússia altera dados sobre testes

Nesta quarta-feira (12), um dia após a divulgação da aprovação da vacina Suputnik V , a Rússia modificou informações sobre o imunizante na base internacional que registra experimentos com humanos.

Quando a vacina russa foi anunciada, constava publicamente o registro de apenas da primeira fase de testes iniciados em 17 de junho, com 38 pessoas, ainda em andamento – o que gerou críticas por parte da comunidade científica.

Nesta quarta (12), as informações sobre os experimentos com humanos da vacina da Rússia passaram a incluir também uma segunda fase. Até o momento, não há informação sobre conclusões dos testes.

Na prática, a validação de vacinas envolve três fases: as duas primeiras avaliam a segurança do produto, e a última testa a efetividade vacinal e a manutenção da resposta imune nas pessoas. Até a publicação desta matéria não houve registra de terceira etapa.

Os dados estão na plataforma internacional Clinical Trials, que agrega informações detalhadas sobre experimentos com humanos no mundo todo (como local, quantas pessoas são pesquisadas, duração do experimento e metodologia aplicada). Com informações da Folha .

Fonte: IG

The post Um dia após anúncio de vacina, Rússia altera dados sobre testes appeared first on Panorama Farmacêutico.